Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Primeira vitória vai para Hillary

Membro da assembleia de voto mostra a urna vazia antes da votação, em Dixville Notch, New Hampshire

© Mary Schwalm / Reuters

Com oito habitantes apenas, a aldeia de Dixville Notch, junto à fronteira com o Canadá, foi rápida a anunciar o resultado. A candidata democrata arrecadou metade dos votos expressos

Margarida Mota

Jornalista

É uma tradição com mais de 50 anos nos Estados Unidos. Pouco depois da meia-noite do dia eleitoral, é anunciado o resultado da votação na pequena aldeia de Dixville Notch, no estado de New Hampshire, a 30 quilómetros da fronteira com o Canadá. O processo é rápido, já que a localidade tem apenas oito habitantes.

Com “cinco vezes mais jornalistas a assistirem” do que eleitores a depositarem o voto, como constatou a CNN, quatro pessoas votaram a favor de Hillary Clinton, duas em Donald Trump e uma no candidato libertário Gary Johnson.

O oitavo morador revelou a sua insatisfação em relação aos nomes propostos escrevendo à mão o nome do seu político favorito: Mitt Romney, o candidato do Partido Republicano nas presidenciais de 2012.

Nas eleições de há quatro anos, a localidade dividiu-se a meio no apoio a Romney e a Barack Obama. Mas nas três presidenciais anteriores, os eleitores de Dixville Notch votaram maioritariamente no candidato que haveria de vencer: George W. Bush em 2000 e 2004 e Barack Obama em 2008.