Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“As pessoas estão simplesmente a votar no candidato que odeiam menos”

D.R.

Jeremy Shaw tem 25 anos e é estudante de Ciências Biomédicas na Universidade de Virgínia. Não votou por causa de um atraso no envio de uns documentos. Se o tivesse feito, o seu voto iria para Hillary Clinton, não por gostar especialmente da candidata, mas por ser o mal menor. Diz que o país se encontra “muito polarizado” e que os eleitores norte-americanos “mereciam melhores candidatos”

Helena Bento

Jornalista

Jeremy Shaw tem 25 anos e estuda Ciências Biomédicas na Universidade de Virgínia, em Charlottesville, no estado da Virgínia.

Embora não tenha podido votar - por não ter conseguido registar-se a tempo para votar fora do Ohio, onde vive a sua família - se o tivesse feito teria optado, “sem sombras de dúvidas, em Hillary Clinton”. “Admiro a preocupação dela em relação às alterações climáticas; ela tem experiência em políticas públicas e apresenta-se de uma forma respeitável”.

O país, diz Jeremy, “encontra-se muito polarizado”. “Para muita gente, nenhuma das opções é boa. Acho que as pessoas estão simplesmente a votar no candidato que odeiam menos. Outras terão certamente optado por um terceiro partido, mas como forma de protesto, por estarem saturadas”.

Jeremy Shaw diz temer uma eventual vitória de Donald Trump nas eleições desta noite. “Ele é incapaz de controlar o seu feitio. Tem pouquíssima inteligência para governar o país”. Hillary, por outro lado, “dificilmente será capaz de cumprir o que quer que seja, irá continuar a mentir e a agir de uma forma que apenas a beneficia e aos seus amigos, em vez de beneficiar a população no geral.”

“Sinceramente”, acrescenta Jeremy, “espero que os eleitores compreendam que mereciam melhores candidatos e que, da próxima vez, isso irá certamente acontecer”.

  • “Só votei em Hillary porque Bernie Sanders me pediu”

    Sarah Kresock tem 26 anos e vive em Boston. Tal como a maioria dos millennials, é apoiante de Bernie Sanders. Sem o senador do Vermont na corrida à Casa Branca, só há solução: votar em Hillary Clinton, por mais “desagrado” que isso lhe traga

  • Candidatos democratas já votaram

    A dupla democrata candidata à Casa Branca, Hillary Clinton e Tim Kaine, já exerceu o direito de voto. Na Virgínia, o candidato à vice-presidência madrugou para ser o primeiro na sua secção de voto... mas foi ultrapassado por uma senhora de 99 anos