Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Funcionários de hospitais na Índia presos pelo roubo de bebés

Os bebés eram roubados para posterior venda para adoção ilegal, por aproximadamente 2700 euros cada um. A polícia refere que estes funcionários fazem parte de um gangue de tráfico infantil, no qual pode estar também envolvido um médico

Um grupo de seis funcionários que se dedicava ao tráfico de crianças foi acusado de roubar bebés e crianças pequenas para vender a casais para adoção ilegal. A informação foi avançada esta sexta-feira pela polícia do estado do Karnataka, na Índia.

Segundo a Reuters, os membros do grupo - três homens e três mulheres - desempenhavam funções de enfermeiros e técnicos de laboratório no hospital público da cidade de Mysuru e em cinco hospitais privados. Citado pela mesma agência, um dos agentes que está a investigar o caso, Ravi Channannavar, assegura que este grupo faz parte de um gangue maior.

De acordo com os depoimentos dos seis funcionários presos, a polícia adianta que também um médico poderá estar envolvido no caso.

“O gangue aborda os casais pobres que chegam ao hospital para dar à luz ou para fazerem um aborto, caso no qual os convencem a deixar nascer a criança. De seguida, roubam os bebés”, explicou Channannavar à “Reuters”. Por vezes, o gangue também se aproxima de pedintes na rua, roubando-lhes os bebés que depois vendem por 200 mil rupias (cerca de 2693 euros). Channannavar revela que a investigação já reportou a venda de pelo menos 15 crianças, contudo, alerta que este número poderá ser maior. Até agora, a polícia já encontrou três pequenos mas ainda está à procura dos restantes.

O grupo foi preso na terça-feira, no seguimento de uma investigação policial que começou em abril quando uma mulher fez queixa à polícia de que o seu filho tinha sido roubado no meio da rua.

“Este caso é um dos poucos que tem visibilidade, porque a maior parte não são reportados”, lamenta Paul Sundar Singh, responsável por um centro de crianças de rua em Chennai. Acrescenta ainda que “o roubo de crianças é uma grande organização criminal com que a polícia se tem debatido em todo o país. Os casos dos pequenos que foram roubadas das ruas de Chennai no início deste ano ainda estão por resolver”.