Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

EUA: Governo quer saber quanta Nutella os americanos comem

Justin Sullivan/ Getty Images

A Ferrero, dona do creme de avelã e chocolate, diz que a quantidade que aparece na informação nutricional nos rótulos nos EUA - 2 colheres de cada vez - é demasiado elevada e não corresponde à verdade. Na dúvida, a entidade reguladora resolveu perguntar aos próprios consumidores

Ana Baptista

Ana Baptista

Jornalista

A Food and Drug Administration (FDA), a entidade reguladora dos produtos alimentares e dos medicamentos nos EUA, criou uma página na internet onde pergunta aos americanos quanta Nutella comem de cada vez que abrem o frasco, noticia a BBC.

E porquê? Porque a Ferrero, a empresa italiana que detém aquela marca, considera que a quantidade que é referida na informação nutricional que aparece nos rótulos dos frascos vendidos nos EUA é demasiado elevada e ninguém come tanto de uma vez.

Para a Ferrero, a quantidade que é referida nos frascos - duas colheres de sopa (37 gramas) que têm 200 calorias - é exagerada e pode mesmo fazer com as que pessoas deixem de comprar o produto. Por isso querem que apareça apenas uma colher de sopa (mais ou menos entre 15 e 20 gramas) que têm 81 calorias, que será a quantidade se que se come de uma só vez.

Mas a FDA tem dúvidas e decidiu perguntar aos consumidores.

Até porque essa alteração obrigaria a reclassificar o creme de avelã e chocolate. Neste momento ele é considerado um topping para bolos ou gelados, mas a Ferrero quer que se inclua na categoria das compotas, em que a porção média ingerida é precisamente uma colher de sopa.

Para ajudar na sua defesa a Ferrero fez um inquérito a 722 mães, e 74% disseram que comiam Nutella em torradas ou sanduíches e não como topping.

AInda assim, nota a BBC, mesmo que a Nutella seja reclassificada como uma compota e seja colocada uma porção menor no rótulo, ela continuará a ter duas vezes mais calorias que uma compota ou doce de fruta que tem cerca de 50 calorias por uma colher de sopa.