Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trump à frente de Clinton. Sondagem dá vantagem de 1% a candidato republicano

getty

Sondagem do Washington Post e da televisão ABC, dá vantagem a Donald Trump. Na semana passada, era Clinton que estava à frente, também por um ponto. Investigação do FBI aos e-mails da canditata democrata pode ter contribuído para este recuo

A precisamente uma semana das eleições nos EUA, o candidato republicano à presidência, Donald Trump, surge à frente da candidata democrata, Hillary Clinton. Contudo, é apenas por um ponto e a margem de erro 2,5 pontos.

De acordo com a já habitual e regular sondagem do jornal The Washington Post e da televisão ABC, esta elaborada de 27 a 30 de outubro e com uma amostra de apenas 1.773 votantes, Trump reune 46% das intenções de voto e Clinton tem 45%.

A contribuir para o resultado de Clinton nesta sondagem podem estar as notícias recentes de que o FBI decidiu voltar a investigar a utilização de um e-mail privado por parte de Hillary quando foi secretária de Estado, entre 2009 e 2013.

De facto, é a primeira vez, desde maio, que Trump supera Clinton nesta sondagem que, na semana passada dava 46% a Clinton e 45% a Trump e que chegou a dar 12 pontos de vantagem à ex-secretária de Estado (50% contra 38%).

Aliás, por causa disto e desta incerteza em relação às eleições, as bolsas norte-americanas terminaram a sessão a perder. O S&P 500 fechou nos 2.111,75 pontos, menos 0,68%; o Nasdaq fechou nos 5.153,68 pontos, recuando 0,69% e Dow Jones encerrou a perder 0,58% para 18.037,1 pontos.

As eleições para a presidência dos EUA acontecem a 8 de novembro, na próxima terça-feira e, por isso, os candidatos ainda estão em campanha. Esta terça, 1 de novembro, Hillary Clinton regressa à Flórida, onde, na quinta-feira terá o apoio do atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Donald Trump também vai até à Flórida, na quarta-feira, mais precisamente a Miami, onde participará numa ação de campanha dirigida aos latinos daquela cidade.

É que Trump precisa de ganhar neste importante estado norte-americano, se quer de facto ganhar as eleições. Ele representa 29 votos eleitorais e segundo o Real Clear Politics, Trump tem atualmente 164 votos dos 270 necessários para vencer, enquanto Clinton já conta com 263.