Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Novo sismo de magnitude 6,1 atinge centro de Itália

ALBERTO PIZZOLI/GETTY

A região sofreu o terceiro tremor de terra no espaço de quatro dias

Um novo sismo atingiu a região de Úmbria, no centro de Itália, com magnitude 6,1, segundo o Instituto Nacional de Vulcanologia (que falou inicialmente numa magnitude de 7,1)

O sismo, com profundidade de 10 quilómetros, aconteceu pelas 7h44 (6h44 em Lisboa) e fez derrubar várias casas afetadas por sismos anteriores.

Itália voltou assim a tremer, quatro dias depois de dois outros fortes terramotos terem atingido a mesma região do país.

Estes sismos ocorreram dois meses depois de, em 24 de agosto, um outro de magnitude seis na escala de Richter ter causado a morte de 297 pessoas e a devastação de localidades históricas como Amatrice.

O primeiro terramoto, com magnitude 5,4 na escala de Richter, ocorreu às 19h11 locais (18h11 de Lisboa), e o segundo, de 5,9 graus, deu-se às 21:18 (20:18 em Lisboa).

A estes dois sismos seguiram-se mais dois, de 4,6 e 4,4 graus, e centenas de réplicas.

Desta vez, os tremores de terra não foram tão intensos como o de 24 de agosto e não provocaram vítimas diretas em consequência de desabamentos.

O Governo italiano anunciou na quinta-feira que ia disponibilizar 40 milhões de euros para ajudar as pessoas afetadas pelos dois fortes sismos de magnitude superior a cinco na escala de Richter que abalaram na quarta-feira o centro de Itália.