Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Não há registo de vítimas mortais no sismo em Itália

A Proteção Civil italiana disse não ter até ao início da manhã registos de vítimas mortais no terramoto que abalou hoje o centro de Itália e provocou derrubamentos de casas e feridos.

"No momento [início da manhã], não temos nenhuma informação sobre vítimas mortais. Há feridos e nós estamos no local a verificar", afirmou aos jornalistas o chefe da Proteção civil, Fabrizio Curcio, em Rieti, uma cidade localizada próxima do epicentro.

O sismo de magnitude 6,5 na escala de Richter, com profundidade de 10 quilómetros, ocorreu às 07:44 (06:44 em Lisboa) e fez derrubar várias casas afetadas por sismos anteriores, mas parece não ter causado vítimas.

O terramoto também foi sentido com intensidade em outras cidades italianas como Florença ou Roma, adianta a Efe.

O sismo ocorreu quatro dias depois de dois outros fortes terramotos terem atingido a mesma região do país e dois meses depois de, em 24 de agosto, um outro de magnitude seis na escala de Richter ter causado a morte de 297 pessoas e a devastação de localidades históricas como Amatrice.

O Governo italiano anunciou na quinta-feira que ia disponibilizar 40 milhões de euros para ajudar as pessoas afetadas pelos dois fortes sismos de magnitude superior a cinco na escala de Richter que abalaram na quarta-feira o centro de Itália.