Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Espanha. Desemprego atinge percentagem mais baixa em seis anos

GERARD JULIEN/AFP/GETTY

Entre janeiro e março, a taxa de desemprego em Espanha foi de 18,91 %, segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol

A taxa de desemprego em Espanha no final do terceiro trimestre de 2016 foi de 18,91 %, uma redução de mais de um ponto percentual em relação ao final do segundo trimestre e a percentagem mais baixa dos últimos seis anos.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol publicou esta quinta-feira, em Madrid, um relatório sobre a população ativa que indica que o número de desempregados baixou no terceiro trimestre em 253.900 pessoas, totalizando no final de setembro 4.320.800 pessoas sem emprego.

Por outro lado, o emprego aumentou no último trimestre em 226.500 pessoas, alcançando as 18.527.500 pessoas empregadas, o número mais elevado em cinco anos, enquanto a população ativa diminuiu em 27.300 pessoas, totalizando agora 22.848.300 pessoas.

De acordo com o mesmo relatório, o número de agregados familiares espanhóis em que todos os membros estão desempregados diminuiu no terceiro trimestre do ano em 55.500, para um total de 1.438.300, dos quais 357.200 eram unipessoais.

O número de famílias em que todos os seus membros ativos estão ocupados aumentou em 160.800, até alcançar os 9.823.000 agregados familiares, dos quais 1.854.300 eram unipessoais.