Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Parlamento espanhol inicia debate sobre investidura de Mariano Rajoy

KIKO HUESCA/EPA

A esperada aprovação do programa de governo põe fim a um período de mais de dez meses de impasse político em Espanha

Mariano Rajoy apresenta esta quarta-feira em Madrid o seu programa de governo no Parlamento espanhol, iniciando o debate sobre a sua investidura que deverá terminar no sábado, quando se espera que seja aprovado em segunda votação.

Esta aprovação põe fim a um período de mais de dez meses de impasse político em Espanha e só foi possível depois de os socialistas terem decidido abster-se e viabilizar um executivo que volta a ser liderado pelo líder do Partido Popular (PP, direita).

Numa primeira votação, na quinta-feira ao fim do dia, Rajoy não deverá conseguir ser eleito, mas na segunda votação, por maioria simples e 24 horas depois, o PP irá contar com os votos a favor do Cidadãos (centro) e a abstenção do PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol).

Mariano Rajoy poderá assim tomar posse na próxima segunda-feira, no último dia do mês e prazo limite para que isso aconteça, evitando a marcação de novas eleições, como estipula a Constituição espanhola.

O líder do PP falhou uma primeira tentativa de investidura em setembro no Parlamento, quando apenas contou com o apoio do Cidadãos e do deputado da Coligação Canária na segunda votação e a oposição de todos os outros partidos.

O PP foi o partido mais votado, mas sem conseguir a maioria absoluta, tanto nas eleições que se realizaram a 20 de dezembro de 2015 como nas eleições de 26 de junho em que aumentou a percentagem de votantes e o número de deputados.

O PP teve em junho 33,0 % dos votos e 137 deputados, seguido pelo PSOE com 22,7 % e 85 deputados, Unidos Podemos com 21,1 % e 71 deputados e Cidadãos com 13,0 % e 32 deputados.