Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

PM italiano agradece a cooperação nas áreas afetadas pelos sismos

FRANCOIS LENOIR/ REUTERS

Matteo Renzi, na sua página do Twitter, referiu que a Itália está solidária com a população afetada

Via Twitter, o Primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi agradeceu na noite desta quarta-feira a “todos os que estão a trabalhar debaixo de água” nas áreas afetadas pelo terramoto. “Toda a Itália abraça forte a população afetada”, pode ler-se ainda na sua publicação.

Um sismo de magnitude 5,4 fez-se sentir ao final da tarde desta quarta-feira no centro de Itália. Menos de duas horas depois foi sucedido por uma réplica de magnitude 5,9.

Até agora foram registados dois feridos em Visso, segundo um comunicado da Proteção Civil italiana. Vários edifícios ficaram também destruídos.

  • Dois fortes sismos no centro de Itália

    Menos de duas horas depois de ter sido registado um forte abalo, o centro do país votou a tremer. “De momento, há dois feridos em Visso. Várias destruições materiais também foram assinaladas”, segundo um comunicado da Proteção Civil italiana.