Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

As manifestantes anti-Trump que passaram despercebidas

Duas irmãs foram a uma ação de campanha de Donald Trump em protesto pelos comentários que o candidato tem feito sobre a comunidade latina. Vestiram uma camisola com a frase “Latina contra Trump” e aparentemente nenhum dos presentes compreendeu a mensagem que estava escrita em espanhol

Quando as irmãs Ceci e Annie Cardelle tiveram conhecimento de que Eric Trump, filho do candidato republicano Donald Trump, e a sua mulher Lara estavam de visita à Carolina do Norte na passada sexta-feira, decidiram ir assistir ao evento. No entanto, Annie sabia que tinha de fazer alguma coisa para protestar contra a campanha do candidato republicano que já fez vários comentários sobre a comunidade latina.

Dessa forma, Annie pegou num marcador preto e escreveu numa t-shirt branca: “Latina contra Trump”. Depois, vestiu uma camisola por cima e dirigiu-se com a sua irmã para o evento que iria ocorrer num restaurante local.

Antes de tirar a camisola que tinha por cima, Annie estava nervosa porque via toda a gente entusiasmada e tinha medo que levassem a mal o protesto. Estava convencida de que a palavra “contra” seria de fácil compreensão por parte dos presentes, mas não foi bem assim que aconteceu.

Durante o discurso de Eric Trump, Annie despiu a sua camisola, no entanto, ninguém pareceu perceber o que estava escrito na sua t-shirt.

No final, as irmãs foram questionadas sobre se iriam para a fila para tirar uma fotografia com o filho do candidato republicano. Inicialmente, não acreditavam conseguir passar pelos três seguranças responsáveis pela verificação da indumentária de cada pessoa antes de ser fotografada ao lado de Erci Trump. Mas, conta o Quartz, conseguiram ser chamadas sem que ninguém reparesse na t-shirt que Annie vestia.

As irmãs posteriormente publicaram várias fotografias no Twitter, que se tornaram imediatamente virais e receberam milhares de partilhas e comentários que salientavam a coragem das irmãs.