Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Merkel reabre conversações para terminar processo de paz na Ucrânia

JOHANNES EISELE

A chanceler alemã convidou os líderes da Rússia, Ucrânia e França para uma reunião, a primeira num ano, e nela foi desenhado um mapa de ação para acabar de vez com os conflitos

As negociações para o processo de paz na Ucrânia foram retomadas esta quarta-feira num encontro que reuniu os líderes da Alemanha, França, Rússia e Ucrânia.

Segundo noticia “The Guardian”, citando a Associated Press, o convite para esta reunião veio da parte da chanceler alemã, Angela Merkel, e surgiu porque as negociações estavam paradas há um ano.

“Estou convencida que fizémos bem em reabrir as conversações a este nível”, disse Merkel depois da reunião, acrescentando que, apesar de “não terem sido atingidos milagres”, a discussão era necessária “para não perder o momento”.

No encontro, os quatro líderes acordaram desenhar um mapa de ação que deverá estar pronto até ao final de novembro e no qual se inclui a possibilidade da Ucrânia recuperar o controlo de toda a sua fronteira com a Rússia.

Em cima da mesa estiveram ainda outros temas, nomeadamente decidir que medidas tomar para melhorar a situação humanitária na Ucrânia.

Este mapa é mais um esforço para pôr em marcha o acordo de Minsk assinado em fevereiro de 2005 e que tem como principal objetivo terminar o conflito que já matou, até agora, mais de 9600 pessoas.

Isto porque, até ao momento, o acordo de Minsk fez com que se terminassem as grandes disputas entre as tropas ucranianas e os separatistas, mas os conflitos continuaram e os esforços para chegar a um entendimento político estaganaram.