Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

“Vogue” diz que é altura da América ter uma “Senhora Presidente”

  • 333

FOTO LUCAS JACKSON / REUTERS

A revista feminina quebra a sua tradição de imparcialidade, num apoio justificado num artigo da chefe de redação Anna Wintour

A revista “Vogue” expressou o seu apoio à candidatura de Hillary Clinton para a presidência dos Estados Unidos, quebrando a sua tradição de imparcialidade.

“A Vogue não tem historial de apoios políticos. Chefes de redação já expressaram as suas opiniões, de quando em quando, mas a revista nunca falou a uma só voz. Tendo em conta tudo que está em jogo desta vez, e a História que está por ser escrita, nós sentimos que isso deveria mudar”, escreve Anna Wintour, chefe de redação da revista desde 1988, num artigo publicado esta quarta-feira em que justifica a decisão.

No texto, Anna recorda ainda que a publicação já fez artigos com o perfil de Hillary Clinton em seis ocasiões.

“Nós compreendemos que Clinton pode não ter sido sempre a candidata perfeita. Contudo, a sua apurada inteligência e considerável experiência são refletidas nas políticas que são claras, sonoras e esperançosas”, acrescenta, referindo nomeadamente o apoio da antiga primeira dama a reformas na área da imigração e a sua defesa da justiça racial.

Wintour termina o texto com um argumento perentório: quase um século depois das mulheres terem conquistado o direito ao voto, é altura da América ter uma “Senhora Presidente”.