Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Patriarca russo apela a “guerra santa” contra o terrorismo

  • 333

GETTY

O chefe da Igreja Ortodoxa Russa diz que não deve ser apenas o seu país a combater esse mal

O patriarca da Igreja Ortodoxa Russa, Kirill, lançou um apelo a todos os países para que se unam numa “guerra santa” contra o terrorismo, na conferência de imprensa que deu esta terça-feira no aeroporto de Luton, no final de uma visita de quatro dias à Grã-Bretanha.

“Hoje, a guerra contra o terrorismo deve ser um esforço conjunto. Não é apenas uma luta da Rússia É para todos. Devemos unir-nos para derrotar este mal. E a esta guerra eu chamo guerra santa”, afirmou.

A sua visita de quatro dias ocorreu para assinalar os 300 anos da presença da Igreja Ortodoxa Russa no Reino Unido.

O patriarca Kirill foi recebido pela Rainha Elizabeth e pelo chefe da Igreja Anglicana, o arcebispo de Cantuária.