Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Arábia Saudita executou membro da família real

  • 333

O príncipe saudita Turki bin Saud al-Kabir fotografado em 2004

A família real saudita conta com centenas de membros, mas têm sido raríssimos os casos em que são alvo da pena capital

O príncipe saudita Turki bin Saud al-Kabir foi executado na capital, Riade, após um tribunal tê-lo condenado por ter morto um amigo em 2012, em sequência de uma luta, anunciou a agência de notícias estatal saudita.

“O Governo está empenhado em manter a ordem, em estabilizar a segurança e fazer justiça aplicando as leis prescritas por Alá... independentemente de quem viole a santidade de civis”, declarou o ministro do Interior.

A execução teve lugar na terça-feira, não tendo sido referido o método utilizado. Na maioria dos casos a pena capital é aplicada através de decapitação.

A família real conta com centenas de membros, que recebem remunerações mensais, mas apenas alguns deles detêm cargos governativos de relevo.

Apesar de ser raríssima, a execução de um dos seus membros não é inédita. Em 1975, o príncipe Faisal bin Musaid foi decapitado por ter assassinado o Rei Faisal.