Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Dois bombistas suicidas fazem-se explodir em Ancara

  • 333

ADEM ALTAN/GETTY

Os dois homem preparavam um atentado com um carro armadilhado e detonaram explosivos durante uma operação policial

Dois homens fizeram-se explodir este sábado em Ancara, na Turquia, durante uma operação policial, noticiam meios de comunicação social turcos.

Segundo a CNN Turk, os dois homens detonaram explosivos quando a polícia lhes pediu para se renderem.

A agência estatal Anadolu acrescenta que os dois estão mortos e que estavam a preparar um atentado com um carro armadilhado com explosivos.

O governador de Ancara, Ercan Topaca, disse aos jornalistas que os dois suicidas "parecem" ter ligações ao ilegalizado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

"Os materiais usados, a construção e a forma como planeavam [o ataque] aponta um pouco para o PKK", afirmou, citado pela Anadolu.

O governador disse que os suspeitos estavam a ser procurados pela polícia na sequência de uma denúncia com origem em Diyarbakir, uma província de maioria curda no sudeste da Turquia.

O PKK é considerado uma organização terrorista pela Turquia, pela União Europeia e pelos Estados Unidos.

Dentro de dois dias passa o primeiro aniversário do ataque terrorista mais mortífero na história recente de Ancara, em que morreram 103 pessoas. A autoria foi atribuída a membros do grupo extremista Estado Islâmico.