Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cinco jogadores da seleção cubana de voleibol condenados por violação na Finlândia

  • 333

Os jogadores da seleção cubana de volei foram julgados por violação na Finlândia

GETTY

A violação ocorreu quando a seleção se encontrava a participar no Mundial de voleibol que teve lugar na Finlândia, antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro

Cinco jogadores da seleção cubana de volei foram condenados esta terça-feira a penas de prisão por terem violado uma mulher finlandesa quando se encontravam a participar no Campeonato Mundial da modalidade realizado em Tampere, no sul da Finlândia, ainda antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Quatro jogadores, entre os quais o capitão da equipa, foram sentenciados a cinco anos de prisão, e o quinto a três anos e meio.

O tribunal finlandês também determinou o pagamento de uma indemnização de 24 mil euros à vítima.

Segundos os testemunhos prestados durante o julgamento, dois dos jogadores conheceram a mulher num clube noturno de um hotel. A vítima deslocou-se depois até ao quarto de um deles para terem relações sexuais de mútuo acordo. Contudo, sem o seu conhecimento o jogador enviou uma mensagem por telemóvel aos outros colegas, que entraram no quarto e violaram e mulher.

Após ter conseguido sair, a vítima apresentou queixa ao rececionista do hotel, que chamou a polícia e os jogadores foram detidos.

Os arguidos negaram sempre a acusação, afirmando que a mulher tinha consentido manter relações sexuais com todo o grupo.