Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Suspeito do atentado de Nova Iorque foi identificado por dono de bar

  • 333

As impressões digitais e ADN de Ahmad Khan Rahami foram encontrados no local do atentado que deixou 29 pessoas feridas no sábado à noite em Manhattan

EPA

Um imigrante indiano, proprietário de um bar de New Jersey, começou por pensar que Ahmad Khan Rahami era um sem-abrigo aparentemente alcoolizado que dormia junto do seu estabelecimento, e foi ter com ele para lhe pedir que se afastasse

Harinder Bains encontrou o suspeito da autoria dos atentados de New Jersey e Nova Iorque na segunda-feira de manhã, junto ao seu bar, só tendo mais tarde dado conta de quem se tratava. Assim que reconheceu Ahmad Khan Rahami pelas fotos e alertas do FBI, contactou as autoridades, que acabaram por deter o suposto terrorista após uma troca de tiros.

Proprietário de um bar em New Jersey, o imigrante indiano começou por pensar que o indivíduo era um sem-abrigo alcoolizado e foi ter com ele para lhe pedir que se afastasse. “Ele não parecia bêbado, antes fatigado, exausto”, referiu à CNN, indicando que após a sua interjeição Ahmad Khan Rahami lhe pediu desculpa.

Foi só depois de ter assistido às notícias na televisão, num outro estabelecimento que possuiu no outro lado da rua, que Bains reconheceu Rahami e ligou para alertar as autoridades.

Quando a polícia chegou ao local, o suposto autor dos atentados do passado fim de semana em Nova Iorque e New Jersey sacou de uma arma e alvejou um dos agentes. “Ele disparou duas vezes e os estilhaços de vidro quase atingiram a minha loja”, recorda Bains. Rahami também ficou ferido durante a troca de tiros, e acabou detido.

A polícia indica que as suas impressões digitais e ADN foram encontrados no local do atentado no sábado à noite em Manhattan, que deixou 29 pessoas feridas. Os investigadores dizem também ter elementos que o implicam na bomba que explodira nessa manhã em New Jersey, mas que não atingiu ninguém.

Cinco outros engenhos explosivos artesanais foram descobertos domingo à noite no lixo, numa zona próxima do local em que ocorreu a detenção.

  • Polícia deteve suspeito de explosão em Nova Iorque

    A polícia de Nova Iorque deteve esta tarde o principal suspeito de uma série de explosões em Nova Iorque. Sábado à noite fora abatido o autor de um outro atentado com arma branca em Minnesota. Se no primeiro caso se procura ainda avaliar as motivações, o segundo ataque foi reivindicado pela Daesh