Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícia confunde arma e mata rapaz de 13 anos no Ohio

  • 333

PAUL VERNON/GETTY IMAGES

Tyre King foi dado como suspeito de um assalto à mão armada. Ao ser intercetado pela polícia, terá exibido uma pistola de pressão de ar, que foi confundida com uma das armas de fogo usadas pelas autoridades de segurança. Um dos agentes abriu fogo sobre ele

Helena Bento

Jornalista

Um rapaz de 13 anos foi atingido a tiro pela polícia de Columbus, no estado do Ohio (EUA), quando exibia uma pistola de pressão de ar que foi confundida com uma das armas de fogo usadas pelas autoridades de segurança. O rapaz, Tyre King, foi atingido várias vezes e morreu no local.

O incidente ocorreu na noite de quarta-feira. De acordo com as autoridades, citadas pelo “Washington Post”, a polícia foi chamada a responder a uma ocorrência na cidade. Ao chegar ao local, a suposta vítima de assalto informou os agentes de que tinha sido abordada por um grupo de homens, um deles transportando uma arma, que lhe exigiram dinheiro.

Pouco tempo depois, a polícia encontrou os suspeitos e, quando os intercetou, um deles, Tyre King, terá apontado uma arma. Um dos polícias, identificado como Bryan Mason, disparou sobre ele várias vezes, só depois percebendo que a arma em causa se tratava de uma pistola de pressão de ar. O mesmo agente terá estado, em 2012, envolvido num assalto à mão armada que terminou com a morte do assaltante às suas mãos, diz o “Washington Post”.

O chefe da polícia, Kim Jacobs, confirmou os relatos dos agentes envolvidos e disse que o rapaz de 13 anos estava armado com uma pistola “praticamente idêntica” às usadas pela polícia. O mayor da cidade, Andrew Ginther, descreveu o sucedido como “preocupante” e prometeu uma investigação imediata.