Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Embaixadas britânica e alemã fechadas na Turquia

  • 333

Embaixador britânico revelou na sua conta de Twitter que a medida foi tomada apenas por “precaução”, devido ao alerta de uma possível ameaça durante a “Eid al-Adha” (festa do sacrifício), comemoração que tem lugar nos dias seguintes à peregrinação anual a Meca

O receio de um ataque militar levou a que as embaixadas britânica e alemã em Ankara, na Turquia, permanecessem fechadas esta sexta-feira. O Ministério dos Negócios Estrangeiros explicou que o encerramento foi devido a “razões de segurança”, refere a BBC.

Richard Moore, embaixador britânico, afirmou que os membros do staff estão a trabalhar “em estreita cooperação” com a polícia turca, mas não conferiu mais nenhum detalhe sobre a natureza da ameaça.

No início desta semana, “quatro pessoas foram detidas por estarem relacionadas com um potencial ataque às duas embaixadas”, confirmou um polícia à Reuters. No entanto, nenhum dos quatro detidos tem ligações com grupos terroristas. “A segurança continua ao mais alto nível. Vamos continuar a cooperar de perto e a partilhar informação com as missões estrangeiras”, garantem as autoridades. De acordo com a BBC, não se sabe se os quatro detidos ainda estão sob custódia.

Depois das detenções, a embaixada alemã tem funcionado com serviços limitados. A Alemanha tomou ainda a decisão de fechar escolas e consulados por toda a Turquia, por precaução.

O autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) e rebeldes curdos têm protagonizado vários ataques recentemente.