Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Explosão em barco ao largo de Bali deverá ter sido acidental

  • 333

GEDE ANTA/EPA

Uma pessoa de nacionalidade alemã morreu e pelo menos 20 ficaram feridas devido à explosão. Casal de portugueses foi incluído inicialmente na lista de feridos, mas a informação foi depois corrigida

Helena Bento

Jornalista

Explosão num barco que esta quinta-feira partiu da ilha indonésia de Bali em direção à ilha vizinha de Lombok deverá ter sido acidental, informou fonte anónima da equipa forense responsável pelas investigações no local, citada pela Associated Press. A informação não foi ainda, contudo, confirmada pelas autoridades.

O incidente, ocorrido esta manhã, resultou na morte de uma mulher de nacionalidade alemã. Pelo menos 20 pessoas, entre britânicos, franceses, espanhóis e italianos, ficaram feridas, tendo sido transportadas de imediato para uma clínica local. O barco transportava 36 passageiros, todos turistas, e quatro membros da tripulação, segundo informações da AP.

Um casal de turistas portugueses foi inicialmente colocado na lista de pessoas feridas, mas a informação foi depois corrigida por Vítor Pinto, assessor da Secretaria de Estado das Comunidades. À SIC, Vítor Pinto confirmou que o casal se encontrava em segurança, não tendo sido atingido pela explosão.

De acordo com Sugeng Sudardso, chefe da polícia do distrito de Karang Asem, a explosão, que “ocorreu cinco minutos depois da partida do barco, deu-se no depósito de combustível”, debaixo do qual “existia uma bateria”, podendo, por isso, ter-se tratado de um curto-circuito. O interrogatório ao capitão do barco continua. No local, prosseguem também as investigações.

  • Dois portugueses que seguiam a bordo de um barco com turistas, que explodiu pouco depois de ter largado da ilha indonésia, escapou ileso, apesar de inicialmente ter sido colocado na lista de pessoas feridas do incidente que causou uma morte. Informação foi confirmada à SIC por um assessor da Secretaria de Estado das Comunidades