Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Foi condenado por terrorismo, mas Inglaterra terá de pagar parte do julgamento

  • 333

O julgamento arrastou-se por sete anos, tendo Ismail Abdurahman acabado por ser condenado por colaboração num dos atentados bombistas de 21 de julho de 2005 que não se chegaram a concretizar

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos decidiu que o Governo britânico terá de pagar um terço das despesas do julgamento de Ismail Abdurahman, tendo em conta que atrasou o seu acesso a um advogado e não o informou do seu direito a permanecer em silêncio durante a investigação aos atentados ocorridos em Londres a 21 de julho de 2005.

A decisão ocorre apesar do arguido ter sido considerado culpado por ter colaborado num dos atentados bombistas daquele dia (que no seu caso não se chegou a concretizar), após um julgamento que se arrastou durante sete anos.

A verba que o Governo britânico terá de pagar ultrapassa os 15 mil euros. A decisão do Tribunal Europeu dos Direito Humanos não afeta contudo a condenação de Abdurahman.