Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

David Cameron abandona Parlamento

  • 333

PETER NICHOLLS / Reuters

“Do meu ponto de vista, com a política atual, com as circunstâncias da minha demissão, não é possível ser um deputado eficaz enquanto ex-primeiro-ministro” britânico, justificou Cameron

O ex-primeiro-ministro britânico David Cameron renunciou ao mandato de deputado na Câmara dos Comuns, disse o próprio numa entrevista à televisão ITV.

Cameron demitiu-se da chefia do governo britânico em junho, horas depois do anúncio da vitória do Brexit no referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE), no qual fez campanha pelo "Permanecer".

"Do meu ponto de vista, com a política atual, com as circunstâncias da minha demissão, não é possível ser um deputado eficaz enquanto ex-primeiro-ministro", justificou Cameron. "Penso que tudo o que fizer vai ser uma grande distração e um grande desvio do que o governo precisa de fazer pelo país", acrescentou.

David Cameron, de 49 anos, deixa vago o lugar correspondente à circunscrição de Witney, Inglaterra, que ocupava desde 2001.