Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Piloto da AirAsia engana-se nas coordenadas, encurta viagem e aterra em destino errado

  • 333

ROSLAN RAHMAN/GETTY

Avião que partiu de Sydney com destino a Kuala Lumpur, uma longa viagem de nove horas, aterrou duas horas depois... na mesma ilha. O episódio aconteceu a 10 de março de 2015 mas só agora se soube

Um avião da AirAsia que partiu de Sydney com destino a Kuala Lumpur – num percurso de cerca de nove horas – acabou por aterrar cerca de duas horas depois de ter levantado voo, em Melbourne, com menos 5889 quilómetros percorridos do que o trajeto inicialmente previsto. Tudo porque o piloto colocou as coordenadas erradas no sistema de navegação do aparelho. O incidente aconteceu a 10 de março de 2015 mas só agora foi conhecido.

De acordo com um relatório do Gabinete da Segurança dos Transportes Australiano, divulgado esta quarta-feira pelo “The Guardian”, o comandante copiou manualmente as coordenadas do trajeto de uma indicação inscrita no exterior da janela do cockpit. Mas copiou mal e no sistema surgiu depois a mensagem de erro.

Ainda assim, o relatório refere que a tripulação tinha “uma série de oportunidades para identificar e corrigir o erro”, o que não se verificou. No entanto, reconhece que mesmo uma tripulação experiente não está imune a “erros de entradas de dados”, razão pela qual sugere que a companhia aérea atualize os seus sistemas de navegação para evitar semelhantes erros no futuro.

O A330, que partiu do Aeroporto Internacional de Sydney, às 11h55, devia ter aterrado em Kuala Lumpur nove horas depois. Contudo, devido ao erro nas coordenadas e ao mau tempo, que impossibilitou o piloto de perceber e corrigir o problema, o aparelho aterrou em Melbourne cerca de 120 minutos depois de ter decolado. Verificado o erro, o avião acabou por chegar à capital da Malásia com seis horas de atraso relativamente ao horário inicial.