Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Descoberto em Paris carro de presumível terrorista com várias botijas de gás no interior

  • 333

Nome do proprietário consta numa lista de pessoas suspeitas de promoverem a radicalização religiosa

Um carro com várias botijas de gás no interior foi descoberto, na noite de sábado, perto da catedral Notre-Dame, em Paris. O proprietário, que entretanto ficou sob custódia policial, tem o nome numa lista dos serviços de informação onde constam outras pessoas suspeitas de promover a radicalização religiosa, informaram as autoridades. Outro suspeito também foi detido.

Segundo uma fonte oficial, citada pelas agências, as luzes de emergência do veículo – um Peugeot 607 sem matrícula – estavam a piscar quando este foi detetado e no seu interior estavam sete botijas, uma delas vazia, colocada no banco do passageiro da frente, além de documentos em arábe. Nenhum detonador foi encontrado no veículo.

O alerta foi dado por um empregado de um café situado próximo da catedral Notre-Dame, situada no coração de Paris. A secção anti-terrorista de Paris já abriu entretanto um inquérito preliminar sobre o caso.

O primeiro-ministro francês, Manuel Valls, afirmou esta manhã que o país se mantém em alerta máximo, apelando ao comportamento vigilante dos cidadãos.

Segundo o “Fígaro”, o diretor-geral da segurança interna, Patrick Calvar, já tinha alertado em maio que a próxima estratégia do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) podia passar pela explosão de carros armadilhados em França.