Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mulheres proibidas de entrar em escola francesa por usarem véu islâmico

  • 333

O incidente deu-se no primeiro dia de aulas depois das férias de verão num infantário na Córsega

Cinco mulheres que estavam a usar o véu islâmico foram impedidas de entrar num infantário esta segunda-feira em Bonifacio, no Sul da Córsega, pelos pais dos outros alunos. A polícia foi chamada a intervir para controlar a situação.

Nas escolas francesas, funcionários e alunos foram proibidos de usar símbolos religiosos, mas não está previsto que esta interdição contemple os pais.

A tensão entre a comunidade muçulmana e os habitantes locais tem crescido depois do ataque que vitimou 86 pessoas em Nice, no dia 14 de julho.

Aproximadamente 30 cidades e vilas francesas proibiram o uso do burquíni, fato de banho que cobre todo o corpo, porém o mais alto tribunal administrativo francês decretou que tal procedimento viola as liberdades básicas.

Em França, o uso do véu que tapa integralmente a cara das muçulmanas foi proibido em locais públicos desde o ano de 2011.