Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mais de quatro anos de prisão para hacker que divulgou fotos íntimas dos Bush

Marcel Lazar após ter sido capturado em Bucareste em 2014

Reuters

'Guccifer' era o nickname do hacker romeno que roubou dados de emails e de contas de redes sociais de perto de 100 cidadãos americanos

Marcel Lazar - o hacker romeno de 44 anos que roubou e divulgou dados pessoais da família Bush e do ex-secretário de Estado Colin Powell, entre outros - foi esta quinta-feira condenado a 52 meses de prisão por um juiz federal do Estado da Virginia.

Lazar, que se apresentava sob o nickname 'Guccifer', entrou nos emails e contas de redes sociais de perto de 100 cidadãos americanos.

O caso que teve mais destaque foi a divulgação de fotos íntimas e de quadros ligados aos ex-presidentes George H. W. Bush e George W. Bush. Algumas fotos mostravam George W. Bush a tomar duche.

O departamento de Justiça norte-americano indicou que entre as vítimas, através das quais obteve os dados, encontravam-se “membros da família de dois ex-presidentes americanos, um antigo membro do executivo, um antigo membro da chefia conjunta norte-americana de pessoal e um antigo conselheiro presidencial”.

O ex-secretário de Estado Colin Powell foi forçado a negar ter tido um caso, após Lazar ter divulgado os emails que trocara com uma diplomata romena.

O hacker também afirmara ter obtido dados do email privado de Hillary Clinton, mas o diretor do FBI, James Comey, disse que Lazar admitiu posteriormente que estava a mentir.

Antes de cumprir pena nos Estados Unidos, o hacker terá de cumprir primeiro os sete anos de prisão a que foi condenado na Roménia, segundo referiu a CBS News.