Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cancelado alerta de tsunami na Nova Zelândia

  • 333

As autoridades lembram, no entanto, que nas próximas horas é possível registarem-se réplicas do sismo e a correntes marítimas serem mais fortes do que o habitual

O Ministério da defesa Civil da Nova Zelândia levantou o alerta de “potencial ameaça tsunami”. Cinco horas após o sismo de 7.1, não há registo de vítimas ou de grandes danos materiais. As autoridades apelam à população para ter cuidado.

“Tendo em conta os dados disponíveis, a maior atividade de tsunami já passou. De qualquer forma, as zonas costeiras podem ainda experienciar correntes fortes e o nível do mar pode oscilar nas próximas horas”, lê-se no comunicado divulgado pelo governo neozelandês.

Ainda se registaram ondas entre os 30 e os 50 centímetros. E ainda são esperadas réplicas.

Eram 4h37 de sexta-feira na Nova Zelândia (17h37 de quinta-feira em Portugal Continental) quando um sismo de 7.1 foi sentido. O epicentro foi registado no oceano, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), a 130 km de Te Araroa e a 55 km de profundidade.

Todos os anos, mais de 15 mil terramotos atingem a Nova Zelândia, escreve a BBC, mas só 150 é que têm intensidade suficiente para serem sentidos. Em 2011, a cidade de Christchurch, a maior da Ilha Sul, foi devastada por um sismo de 6.3 e fez 185 mortos.