Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Detidos três suspeitos de planearem atentados na Malásia

  • 333

Os três indivíduos pretendiam realizar ataques com bombas e armas de fogo em nome do Estado Islâmico nesta noite, véspera do dia nacional malaio

A polícia da Malásia deteve três alegados membros do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) que planeavam atentados em locais de ócio, esquadras policiais e no templo hindu das grutas Batu, avança esta quarta-feira a imprensa local.

Os três pretendiam realizar ataques com bombas e armas de fogo na noite de terça-feira, véspera do dia nacional malaio, que se celebra hoje, segundo o jornal "The Star".

A unidade antiterrorismo da polícia efetuou as detenções entre sábado e segunda-feira em Kuala Lumpur e nos estados de Selangor e Pahang, no centro da península malaia.

O chefe da polícia, Khalid Abu Bakar, indicou que os detidos tinham recebido ordens de um militante do Estado Islâmico, Mohamad Wanndy Mohamad Jedi, e que após os atentados planeavam viajar para a Síria.

A polícia encontrou granadas K75, pistolas e balas com o primeiro dos detidos, de 20 anos, que conseguiu o armamento através de um intermediário que as autoridades ainda procuram.

A Malásia capturou mais de 220 extremistas desde fevereiro de 2013, enquanto 132 malaios combatem ou combatiam ao lado do Estado Islâmico em território iraquiano e sírio, de acordo com o Ministério do Interior.