Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Raio mata mais de 300 renas na Noruega

  • 333

Outras cinco renas tiveram de ser sacrificadas devido a ferimentos graves

Um raio terá sido responsável pela morte de 323 renas na montanha de Hardangervidda, situado no sul da Noruega, avança a Agência do Ambiente do país.

Os animais foram encontrados mortos na passada sexta-feira durante uma inspeção de rotina por parte de um guarda florestal. As autoridades da Noruega acreditam que terá sido um único raio que matou as renas – que se juntaram por medo – durante uma forte tempestade no local.

“Os animais reúnem-se quando as condições climatéricas se agravam e estes terão sido atingidos por um raio”, afirmou o porta-voz da Agência do Meio Ambiente da Noruega, Kjartan Knutsen.

Outras cinco renas do rebanho tiveram de ser sacrificados na sequência de ferimentos graves, refere o site da revista “Time”.

Na montanha de Hardangervidda vivem milhares de exemplares da espécie.