Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Colômbia e FARC assinam histórico acordo de paz

  • 333

Quase quatro anos depois de iniciadas as conversações de paz, Governo e rebeldes enterram machado de guerra e assinam acordo que vem pôr fim a mais de cinco décadas de um conflito que se saldou em mais de 220 mil mortos e em milhões de deslocados

O Governo da Colômbia e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) assinaram na quarta-feira um histórico acordo de paz, potenciado por um cessar-fogo bilateral alcançado em junho, que vem enterrar mais de cinco décadas de um conflito que se saldou em 220 mil mortos e milhões de deslocados.

Sob o acordo, os dois lados aceitam trabalhar em conjunto para dar respostas à exclusão social, para garantir justiça às vítimas do conflito e para instalar uma paz duradoura e estável. O anúncio foi feito na capital de Cuba, onde as conversações de paz tinham sido iniciadas em novembro de 2012.

"O Governo colombiano e as FARC anunciam que chegámos a um acordo final, total e definitivo", confirmaram os representantes dos dois lados num comunicado conjunto citado pela BBC. O acordo foi assinado pelo líder da delegação colombiana, Humberto de la Calle, e pelo negociador-chefe dos rebeldes, Ivan Marquez, numa cerimónia em Havana. "Alcançámos o nosso objetivo", confirmou Calle. "A guerra acabou e temos um novo começo. Este acordo abre a porta a uma sociedade mais inclusiva."

Aos jornalistas concentrados em Havana, Marquez acrescentou que "foi um trabalho difícil, com momentos brilhantes e negros" mas que os dois lados da barricada "trabalharam com os corações". "Podemos agora dizer que é possível levar o nosso país para a frente."