Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

12 mortos em ataque à Universidade Americana em Cabul

  • 333

WAKIL KOHSAR/GETTY IMAGES

O ataque não foi reivindicado, mas autoridades suspeitam ter partido de apoiantes do movimento Talibã. Cerco só terminou esta madrugada, depois de vários homens armados terem conseguido entrar na universidade fazendo explodir um carro-bomba

Pelo menos 12 pessoas morreram no ataque à Universidade Americana do Afeganistão, em Cabul, esta quarta-feira, depois de vários homens armados terem forçado a entrada fazendo explodir um carro-bomba junto ao portão principal da instituição.

Até ao momento o ataque não foi reivindicado, embora as autoridades suspeitem ter partido de apoiantes do movimento Talibã. Segundo o porta-voz do Ministério do Interior Sediq Sediqqi, entre os mortos estão sete estudantes, três polícias e dois seguranças.

Os atacantes estavam armados com granadas e armas automáticas, diz a agência AP, precisando que o cerco da universidade durou quase nove horas. Começou pouco antes de 19h locais (16h30 em Lisboa), momento em que centenas de estudantes normalmente se preparam para assistir às aulas à noite, e manteve-se até de madrugada.

“A maioria dos mortos foram atingidos por tiros através das janelas das suas salas de aula”, disse Sediqqi. O comunicado do ministério refere que 36 pessoas ficaram feridas, incluindo nove polícias.