Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Seis mortos em duas explosões de carros-bomba na Turquia

  • 333

Ataques aconteceram com apenas algumas horas de intervalo e ambos nas proximidades de esquadras da polícia. Mais de 200 pessoas ficaram feridas

Pelos menos seis pessoas morreram na Turquia, consequência de duas explosões, ambas na proximidade de esquadras de polícia e com recurso a carros-bomba. Os ataques deixaram ainda mais de 200 pessoas feridas, segundo informaram as autoridades.

A primeira explosão aconteceu na província oriental de Van, matando um agente e dois civis - a “Al Jazeera” adianta que entre as vítimas mortais está uma criança.

A polícia responsabiliza o Partido dos Trabalhadores do Curdistão, ou PKK, pelo ataque.
Horas mais tarde, já esta quinta-feira, outro carro-bomba atingiu a sede da polícia na cidade de Elazig, matando mais três oficiais. 146 outras pessoas ficaram feridas, avançou o governador Murat Zorluoglu, 14 delas em estado grave. Várias viaturas arderam.

Os combates entre o PKK - que reclama a autonomia no sudeste da Turquia - e as forças de segurança do país foram retomados no ano passado, após ter colapsado um frágil processo de paz..

Desde então, mais de 600 agentes de segurança turcos e milhares de militantes do PKK foram mortos, de acordo com a Agência Anadolu estatal. Grupos de defesa dos direitos humanos têm denunciado também a morte de centenas de civis.

A Turquia e os seus aliados consideram o PKK uma organização terrorista.