Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Trem não saiu e avião aterrou “de barriga” no Dubai

  • 333

STR / EPA

Comandante do aparelho da Emirates proveniente da Índia avisou os 282 passageiros para se prepararem para uma aterragem de emergência. A bordo seguiam 300 pessoas, que apanharam um valente susto após o avião se ter incendiado

Três minutos antes de aterrar no aeroporto internacional do Dubai, esta manhã, o comandante de um avião da Emirates Airlines, proveniente da Índia, avisou os 282 passageiros de que o trem de aterragem não estava operacional e que se via forçado a fazer uma aterragem de emergência, "de barriga".

A informação foi prestada por um dos passageiros, citado por Iype Vallikadan, jornalista do indiano "Mathrubhumi News".

Pouco tempo depois de se ter feito à pista, o aparelho – um Boeing 777-330 – incendiou-se. Todos os passageiros e 18 tripulantes foram salvos a tempo pelas operações de emergência, mas não se terão livrado de um valente sustro.

O incidente ocorreu às 12h45 locais (9h45 em Lisboa) e deixou o aparelho totalmente destruído, tendo as chamas consumido toda a parte superior do avião.

Imagens divulgadas nas redes sociais pouco depois da notícia ter sido conhecida mostravam fumo a sair do aparelho, que tinha partido da cidade indiana de Thiruvananthapuram, capital do estado de Kerala.