Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Texas autoriza alunos armados nas aulas

  • 333

GETTY

Permitir a posse de armas para evitar mais massacres? Poderá parecer estranho, mas este foi um dos argumentos invocados pelos defensores da lei que entrou esta segunda-feira em vigor

Os estudantes passaram esta segunda-feira a poderem ir armados para as aulas nas escolas do estado norte-americano do Texas. A nova lei estadual, apelidada “posse no campus”, autoriza pessoas com 21 anos ou mais que possuam licença para uso de armas de fogo a levaram pistolas para as salas de aulas e para todo o espaço público dos complexos escolares.

A lei entrou em vigor no dia em que se assinalam 50 anos sobre um dos mais mortais incidentes com armas em complexos escolares nos Estados Unidos, quando o estudante Charles Whitman matou 16 pessoas na Universidade do Texas.

Professores universitários tentaram sem sucesso travar a aprovação da lei, alegando que a combinação de juventude, armas de fogo e a vida estudantil podem gerar situações letais. O presidente da Universidade do Texas, Gregory Fenves, referiu contudo que a alteração legislativa o obriga a autorizar a posse de armas nas instituições.

O governador do Texas, Greg Abbott, um republicano que apoiou a mudança, argumentou que na prática um atirador já poderia atualmente chegar aos complexos estudantis armado e que a nova lei permitirá que outras pessoas, com a devida licença de posse de arma, possam travá-lo.

“O que a posse no campus faz é autorizar apenas aqueles que passam pelo processo especial de treino e de verificação dos seus antecedentes” a levarem armas, frisou.

A lei permite contudo que os responsáveis de escolas privadas se recusem a autorizar a posse de armas nas suas instalações, opção que foi tomada por diversas universidades privadas.

No total, oito estados norte-americanos autorizam a que quem tenha licença para posse de arma possa ir armado para as instalações de ensino superior.