Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Muçulmanos solidários assistem a missas católicas em França e Itália

  • 333

Vários muçulmanos assistem a uma missa celebrada no domingo, na igreja de Santa Maria Trastevere, em Roma

MASSIMO PERCOSSI/EPA

Gesto repetiu-se em igrejas de várias localidades, onde a comunidade muçulmana fez questão de se unir aos fiéis católicos contra a violência e em homenagem ao padre assassinado por dois jiadistas, na semana passada, em França

Num gesto de solidariedade e repúdio pela violência, vários grupos de muçulmanos assistiram neste domingo a diferentes missas católicas em França, prestando homenagem ao padre assassinado na semana passada por dois jiadistas na igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray, perto de Rouen.

Na catedral dessa mesma cidade da Normandia, próxima do local onde o padre de 85 anos foi degolado, 2 mil fiéis católicos e cerca de uma centena de muçulmanos marcaram presença na “missa pela paz”, onde se entoaram cânticos e se rezou pelo padre Jacques Hamel.

Em Bordéus, o pregador da principal mesquita da cidade, Tareq Oubrou, visitou a igreja local acompanhado de mais de uma dezena de fiéis.

Também os serviços religiosos católicos realizados na catedral de Notre Dame, em Paris, e em Nice - cidade marcada pelo recente atentado reivindicado pelo grupo Estado Islâmico - tiveram a presença de muçulmanos.

“Estamos muito sensibilizados”, reconheceu o arcebispo de Rouen, Dominique Lebrun: “É um importante gesto de fraternidade”.

Por seu turno, e em representação da comunidade muçulmana de Rouen, Mohammed Karabila expressou a importância de estar presente. “Era necessário estar fisicamente na igreja”, disse, “porque temos feito muita coisa que não é vista e é preciso mostrar que as duas comunidades estão unidas”, acrescentou.

O movimento de solidariedade aconteceu ainda em Itália, onde, além da presença de muçulmanos em várias missas, a Confederação Islâmica Italiana escreveu na sua página no Facebook a mensagem “só juntos poderemos vencer”.