Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Suspensas as buscas pelo avião que desapareceu há dois anos

  • 333

GETTY

MH370 continua a ser um dos grandes mistérios da aviação moderna

Face ao facto de continuarem a não conseguir encontrar qualquer pista do avião do voo MH370 da Malaysia Airlines, as buscas vão ser suspensas, anunciaram esta sexta-feira responsáveis da Malásia, China e Austrália, numa declaração conjunta.

O Boeing 777 desapareceu em março de 2014 com 239 pessoas a bordo quando efetuava a ligação entre Kuala Lumpur e Pequim.

Cerca de 123 milhões de euros foram gastos desde então nas buscas subaquáticas numa área de 120 mil quilómetros quadrados do sul do Oceano Índico.

“Na ausência de novos indícios, a Malásia, Austrália e China acordaram coleticamente suspender as buscas após ter se concluído as buscas na área de 120 mil quilómetros quadrados”, afirmou o ministro dos Transportes da Malásia, Liow Tiong Laid, em conferência de imprensa.

A decisão deverá gerar contestação e novos protestos dos famíliares das vítimas.

Diversas peças do aparelho apareceram em praias africanas, mas acabaram por não dar grande ajuda a apurar o local onde o avião se encontrará, nem sobre quais terão sido as causas do sucedido.