Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Homem esfaqueia mãe e três filhas nos Alpes franceses

  • 333

A criança mais nova, de 8 anos, ficou gravemente ferida

Pouco passava das dez da manhã (menos uma hora em Lisboa) desta terça-feira quando uma mulher de 46 anos e as suas três filhas (de 8, 12 e 14) foram esfaqueadas num campo de férias de Garde-Colombe, nos Alpes franceses. Segundo as autoridades locais, mãe e filhas foram atacadas por um homem, residente nos arredores de Paris, que também estava alojado neste campo. A mais nova ficou gravemente ferida.

Segundo testemunhas no local, as quatro vítimas estavam a tomar o pequeno-almoço quando o agressor, presumivelmente de origem marroquina, desferiu o ataque, aparentemente irado com a forma como estariam vestidas sem que tenha verbalizado qualquer expressão de carácter religioso.

“O motivo da agressão é fútil”, limitou-se a dizer em conferência Raphaël Balland, delegado do Procurador-Geral da República (PGR) nesta região do sul de França, acrescentando que ninguém pode dizer que tenha sido esse o móbil do crime.

“Tenho de desmentir esse rumor porque em caso algum este homem agrediu as vítimas por causa daquilo que estavam a usar, vestidos curtos ou de outro tipo”, disse Raphaël Balland.

Depois do ataque, o alegado agressor, de 37 anos, terá sido impedido de deixar o local de carro por dois gendarmes, devendo responder por “tentativa de homicídio” no âmbito do inquérito-crime já aberto pela PGR francesa.

Este ataque deixou gravemente ferida a filha mais nova, com um pulmão perfurado, tendo sido transportada de helicóptero para um hospital de Grenoble. A mãe e uma das irmãs, com ferimentos ligeiros, também estão internadas.