Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Americano alvejou dois jovens jogadores de Pokémon Go que tomou por assaltantes

  • 333

GETTY

Entusiasmo desenfreado em torno do jogo está a criar uma série de situações inusitadas

Dois rapazes de 16 e 19 anos foram alvejados sábado à noite quando se encontravam a jogar Pokémon GO. O autor dos disparos pensou que os jovens estavam a assaltar a sua casa na Flórida, confirmou a polícia local.

O indivíduo de 37 anos acordou de madrugada com o barulho e ao olhar pela janela viu um carro branco estacionado junto à sua casa. Em seguida, saiu munido de uma arma para averiguar o que se estava a passar e ouviu um dos rapazes a perguntar ao outro “conseguiste alguma coisa?”. O homem terá depois ordenado para que parassem o carro e como não lhe obedeceram disparou sobre eles, furando-lhes um pneu do carro.

A situação foi depois reportada à polícia pelos pais dos jogadores. O caso levou mesmo o responsável da polícia local a divulgar uma série de conselhos para que os jogadores evitem situações de risco, entre as quais a de não entrarem em propriedades privadas para cumprirem missões do jogo, não conduzirem ou andarem de bicicleta enquanto jogam, manterem-se sempre atentos ao que encontram em seu redor e terem cuidado aos locais de recolha de pokémons onde possam tornar-se alvos fáceis de assaltos.

A onda de entusiasmo em torno do jogo tem criado algumas situações inusitadas, algumas das quais com contornos perigosos.

Há cerca de uma semana foi noticiado que um rapaz de 15 anos foi mortalmente esfaqueado pelo irmão por ter pensado que lhe tinha apagado o jogo do smartphone. A informação foi posteriormente desmentida, percebendo-se que havia sido criada por um dos sites que criam notícias falsas a fim de ganharem pageviews.