Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Erdogan e Putin encontram-se no início de agosto

  • 333

IVAN SEKRETAREV/GETTY

Presidente russo telefonou esta manhã ao seu homólogo turco a desejar um “rápido regresso à estabilidade” no país”. Ficou agendado um encontro para o início do próximo mês

O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin, vão encontrar-se na primeira semana de agosto, adiantou este domingo a agência de notícias estatal turca Anadolu, citando fontes da Presidência da Turquia.

Este será o primeiro encontro desde a reaproximação entre os dois países em junho passado, quando a Rússia afirmou que Erdogan pediu desculpas por a Turquia ter abatido um caça russo em novembro do ano passado, junto à fronteira com a Síria, recorda a Agência France Presse.

Putin telefonou esta manhã a Erdogan a desejar um "rápido regresso à estabilidade" no país, depois de na noite de sexta-feira a Turquia ter vivido uma tentativa de golpe de Estado, que fracassou.

A Turquia foi alvo de uma tentativa de golpe de Estado na sexta-feira à noite, mas o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, disse hoje que a situação no país "está completamente sob controlo".
O último balanço aponta para 161 mortos entre civis e forças leais ao presidente Recep Erdogan, 1.440 feridos e 2.839 militares revoltosos detidos.

Yildirim adiantou que 20 militares revoltosos morreram no decurso da tentativa de golpe de Estado, números que contrariam o balanço inicialmente avançado pelas Forças Armadas, que apontavam para 104 mortes de militares revoltosos, abatidos pelas forças leais ao presidente Erdogan.