Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Detidos cinco suspeitos de envolvimento no ataque em Nice

  • 333

OLIVIER ANRIGO

Polícia francesa anuncia a detenção de cinco alegados cúmplices de Mohamed Lahouaiej-Bouhlel, o condutor que desviou na quinta-feira à noite um camião contra centenas de pessoas em Nice

Três indivíduos foram detidos este sábado e outros dois na sexta-feira por suspeitas de estarem envolvidos no atentado de há dois dias em Nice, anunciou a polícia francesa.

Os quatro homens serão interrogados em breve pelas autoridades, enquanto os investigadores continuam à procura de outros possíveis cúmplices de Mohamed Mahouaiej-Bouhlel, o franco-tunisino que desviou na quinta-feira um camião contra centenas de pessoas em Nice, causando 84 mortos e mais de duas centenas de feridos.

Ontem, a ex-mulher do atacante também foi detida para ser interrogada pelas autoridades. O procurador de Paris responsável pela secção antiterrorista, François Mollins, garantiu que o condutor do veículo não era conhecido dos serviços de informações franceses.

Segundo o magistrado, não havia quaisquer sinais de radicalização, apenas registo de pequenos delitos no cadastro de Mohamed. Desde há seis anos, o homem nascido em Tunis estava referenciado pelas autoridades devido a “ameaças, violência, pequenos roubos e violação do Código da Estrada.”

Divorciado e pai de três filhos, Mohamed trabalhava como estafeta e motorista e era descrito pelos vizinhos como alguém “muito tímido.” O condutor foi abatido pela polícia após uma troca de tiros com três agentes junto a um hotel situado próximo do Passeio dos Ingleses em Nice.

Milhares de pessoas – turistas e famílias inteiras de residentes com crianças – assistiam no local a um espetáculo de fogo de artíficio a assinalar o Dia da Tomada da Bastilha. O Presidente francês decretou três dias de luto nacional.

(Artigo atualizado às 15h05)