Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Em direto: Serviços de informação turcos dizem que golpe de Estado foi travado

  • 333

TOLGA BOZOGLU

Primeiro-ministro confirma a tentativa de golpe. As fronteiras estão encerradas, ninguém entra ou sai do país. Erdogan apela para as pessoas virem para a rua. Forças especiais confirmam que há mortos e feridos

03h15 Encerramos aqui o acompanhamento em direto.Obrigado por ter estado desse lado

03h11 Na noite em que uma fação militar levou a cabo uma tentativa de golpes de Estado na Turquiam Erdogan dirigiu-se à popuulação com um discucurso vitorioso, em que assegurou que os reposáveis serão severemente punidos.

02h31 Pelo menos seis civis morreram e cem outros ficaram feridos em Istambul durante o caos gerado, esta noite, pela tentativa de golpe militar posta em marcha na Turquia, informam hoje os meios de comunicação social locais.

Segundo a emissora CNNTürk, no Hospital Haydarpasa Numune foram contabilizados pelo menos seis mortos e aproximadamente uma centena de feridos.

02h29 “A Turquia já não é a Turquia de antigamente”

02h26 “É um ato de traição [a tentativa de golpe de Estado]”, considerou o presidente turco, que voltou a reafirmar que o golpe foi levado a cabo “por um pequeno grupo de militares dentro da instituição

02h25 Erdogan fal agora em direto

02h16

02h03 - Jornalistas e outros funcionários da CNN Turk estão a ser feitos reféns na sede da estação televisiva

02h01 Há relatos sobre duas explosões na Praça Taksim

01h52 O comandante das forças especiais turcas confimou à televisão NTV que há mortos e feridos. No entanto, não avançou com números.

01h50

01h44 A televisão publica turca TRT voltou esta noite (01:00 de Lisboa) a emitir normalmente, depois de os soldados que a tinham tomado terem abandonado o local.

A apresentadora de televisão da TRT, que há algumas horas tinha lido um comunicado a anunciar a tomado do poder por parte do exército, anunciou que foi forçada a faze-lo pelos soldados que ocuparam a emissora.

Imagens transmitidas pela televisão mostraram centenas de pessoas a celebrar a saída dos soldados.

01h37

01h34 Os serviços de inteligência turcos dizem que a tentativa de golpe de Estado foi “repelido”.

01h27

01h17 Ainda pouco se sabe do paradeiro de Erdogan, mas correm rumores de que estará a chegar àTurquia (este tweet vem reforçar a teoria)

01h09 Primeiro-ministro, Binali Yildirim, informou que “a situação está amplamente controlada”.

01h04 Mais um testemunho de quem está na Turquia. Desta vez do correspondente do Expresso em Ancara, José Pedro Tavares: “Turquia no limbo. Para que lado cairá?”

01h Alguns turcos seguiram o apelo do presidente Erdogan (cujo paradeiro é desconhecido até ao momento) e saíram para as ruas em protesto.

SEDAT SUNA

SEDAT SUNA

00h59 Desde 1960, a Turquia já foi palco de quatro golpes militares bem sucedidos. Do último, em 1997, resultou o nascimento do Partido Justiça e Desenvolvimento que haveria de elevar Erdogan ao poder. Veja aqui o balanço.

00h53 Pelin Özen, 28 anos, é turca e vive em Istambul. Agora está em casa segura e escreveu ao Expresso um testemunho do que viu, ouviu e sentiu. “Estava em pânico e não sabia o que fazer. Nunca vi algo tão caótico”.

00h30 - Informações ainda não confirmadas oficialmente dão conta de um helicóptero dos revoltosos que foi abatido por um avião do governo turco

00h26 - Porta-voz da chanceler alemã apela ao respeito pela ordem democrática na Turquia

00h18 - O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, diz esperar que a estabilidade se mantenha na Turquia

00h15 - Barack Obama pede que se evite “banho de sangue” e que os partidos respeitem o governo eleito democraticamente

00h08 - Dezassete polícias foram mortos durante os confrontos com os revoltosos, noticia a AFP. Essa informação não foi contudo confirmada ainda por fontes oficiais

00h02 - Segundo informações avançadas pela agência iraniana, Erdogan aterrou há instantes no Teerão

23h39 Segundo a AP, a NATO (Organização do Tratado Atlântico Norte) não fez comentários quando questionada cobre de que forma este golpe de Estado iria afetar a organização. A Turquia aderiu à NATO em 1952.

23h36 Governo português aconselha portugueses a ficar em casa ou hotéis

23h34 - Há relatos de festejos na Síria com as movimentações militares na Turquia

STRINGER/TURKEY

REUTERS TV

23h27 - Ouvem-se cânticos religiosos pró-governo. Paralelamente estão a ocorrer manifestações contra Erdogan

23h26 - População turca saiu à rua

23h24 - Estão a ocorrer trocas de tiros nas ruas de Istambul

22h20 Tanques militares estão a abrir fogo em frente ao edifício do Parlamento.

22h19 O vídeo da entrevista de Erdogan à CNN Turk, feita através de uma chamada via facetime

23h14 - Golpistas e militares estão em confrontos em Istambul

23h13 - O ambiente é de caos. Um helicóptero abriu fogo em Istambul. Imagens em direto mostram um grande aparato, com várias ambulâncias no local.

23h05 - Segundo pessoas que se encontram na Turquia, a população está a receber informação contraditórias. Os militares anunciam o controlo do país, enquanto Erdogan e o AKP dizem para continuar a vida normalmente e que tudo não passa de um grupo minoritário a causar confusão.

22h54 - O Presidente turco estará num voo que foi proibido de aterrar em Istambul a caminho da Alemanha, noticia a NBC America

22h51 - Uma forte explosão foi ouvida em Ancara, avança a AFP. Há indicações de que se ocorreu perto do edifício da TV estatal

22h50 A fação militar, pelo contrário, pede aos turcos que permaneçam dentro de casa.

22h49 Erdogan dirigiu-se à população numa chamada pelo Face Time.

22h47 “Para salvar a democracia”, Erdogan pede às pessoas para irem para as ruas.

22h45 O canal de televisão governamental TRT estão sem emissão.

22h42 O presidente Erdogan apela à população pessoas virem para a rua.

22h41 Há informações que apontam para a ocorrência de uma explosão na Academia da Polícia e na sede dos Serviços Secretos turcos. Existem ainda rumores de que alguns sectores militares entraram em confronto com as forças da polícia.

22h39 Vários aviões estão a sobrevoar Ancara a baixa altitude e tanques militares estão a bloquear parcialmente as duas pontes sobre Bósforo e o aeroporto. Al Jazeera acrescenta que também o aeroporto de Istambul foi encerrado e os voos cancelados.

22h37 “É oficialmente declarado agora que um golpe militar está a acontecer. Todas as fronteiras estão fechadas”, avança a estação de televisão governamental TRT.

22h34 Em comunicado, a fação militar que iniciou o golpe de Estado, afirma ter tomado “total controlo do país”. Segundo as forças armado, no texto citado pela agência turca Dogan, o objetivo é “reinstalar a ordem constitucional, a democracia, os direitos humanos, a liberdade, garantir que o Estado de direito volta a reinar no país e que a lei e ordem sejam reinstaladas”.

22h29 “Esta é uma tentativa de golpe de Estado. Estamos a considerá-la como um levantamento militar, que não vamos deixar ter sucesso. Aqueles que fazem esta tentativa vão pagar um preço pesado”, disse o líder do Executivo aos jornalistas, citado pela imprensa turca.

22h22 Está em curso uma tentativa de golpe de Estado na Turquia. A confirmação foi dada pelo primeiro-ministro, Binali Yıldırım, ao começo da noite desta sexta-feira. As movimentações de militares terão começado por volta das 20h50 (hora de Lisboa).