Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Pokémon e realidade aumentada duplicam valor das ações da Nintendo

  • 333

epa

Desde que lançou o jogo para smartphones Pokémon Go na sexta-feira, empresa japonesa tem visto as suas ações subirem sem parar, com ganhos de 56% numa só semana

A Nintendo tardou em entrar no jogo das aplicações móveis, mas agora que o fez tem registado subidas consecutivas no preço das suas ações ao longo da última semana.

Criticada por analistas há vários anos por estar a ficar para trás na corrida aos jogos online adaptados a smartphones, a empresa nipónica lançou na sexta-feira o jogo de realidade aumentada Pokémon Go, registando ganhos cumulativos de 56% nos últimos cinco dias.

Criadora do icónico jogo Super Mario Bros., a empresa de vídeojogos sempre teve nas vendas de consolas a sua principal fonte de lucro, mas com os jogadores a viraraem-se para alternativas da era 2.0 nos últimos anos a empresa foi perdendo espaço e assistiu a uma perda continuada de receitas nessas vendas.

Com o Pokémon Go, em que os utilizadores procuram localizações no mundo real para encontrar criaturas Pokémon virtuais nos ecrãs dos seus smartphones, a Nintendo entra direta para o pódio dos jogos online. Em apenas uma semana, o jogo tornou-se num fenómeno global, ocupando o primeiro lugar da lista de aplicações com mais downloads tanto na App Store da Apple como no Google Play.

Na segunda-feira, as ações da empresa subiram 25% graças a este novo jogo, uma adaptação do primeiro que a empresa lançou com criaturas Pokémon nos anos 1990 para o então popular Game Boy. Hoje, a nova subida de 16% levou a que cada ação esteja atualmente a valer mais do dobro do que antes do lançamento do Pokémon Go.