Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Grupos ligados ao Daesh celebram o ataque em Nice. Mas não há reivindicação oficial

  • 333

Vários canais no Telegram e contas do Twitter próximas do grupo terrorista têm colocado online mensagens de congratulação pelo atentado no sul de França

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Alguns dos principais canais do autoproclamado Estado Islâmico (Daesh) no Telegram, uma aplicação muito popular entre membros do grupo terrorista, celebram o ataque realizado nesta noite de quinta-feira em Nice. Algumas garantem mesmo que foi o Daesh a organizar o atentado e fazem propaganda à tragédia ocorrida na cidade francesa.

No Twitter há também contas não oficiais pró-Daesh a glorificar o ataque, mostrando imagens como a Torre Eiffel a arder.

Até ao momento não foi no entanto feita qualquer reivindicação oficial do Daesh pelo atentado em Nice, que fez até ao momento 70 mortos e perto de 100 feridos. Nos anteriores ataques realizados em Paris e em Bruxelas o grupo terrorista demorou algumas horas até confirmar ter estado por trás daqueles atentados.

Segundo a especialista norte-americana Rita Katz, responsável pelo SITE Intel Group, entidade que monitoriza grupos jiadistas de todo o globo, "a reação da comunidade online ligada ao Daesh tem semelhanças com as que ocorreram logo após os ataques em Paris e Bruxelas".

O Telegram permite aos utilizadores transmitir conteúdos a um número ilimitado de pessoas, podendo mesmo usar canais públicos para o fazer. No entanto, o ponto forte é a proteção da identidade do utilizador.