Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Salário de Merkel aumenta para mais de €18.000

  • 333

PASCAL ROSSIGNOL/REUTERS

Salário mínimo na Alemanha também sobe. Decisão resulta de um acordo com sindicatos da função pública

O Governo alemão aprovou esta quarta-feira um aumento dos salários dos seus membros, de 2,2% este ano e 2,35% em 2017, o que elevará o salário da chanceler Angela Merkel para mais de 18 mil euros brutos por mês.

O salário da líder alemã passará dos atuais 17.992 euros para 18.388 em 2016 e 18.820 no ano seguinte, de acordo com as contas feitas pela AFP.

A chanceler alemã ganha mais do que o seu homólogo francês, que tem um vencimento a rondar os 15 mil euros por mês, e o aumento agora aprovado resulta do acordo aprovado em abril com os sindicatos da função pública naquele país.

Também o salário mínimo, introduzido há um ano com o valor de 8,5 euros brutos por hora, vai aumentar para 8,84 euros em 2017.