Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cameron na hora da despedida: “Eu fui o futuro outrora”

  • 333

TOBY MELVILLE / REUTERS

Há novo Governo no Reino Unido. Cameron out, Theresa May in

“Eu vou assistir na retaguarda às mudanças em curso. Vou sentir a falta do rugido da multidão, das farpas da oposição, mas eu vou apoiar-vos”, afirmou David Cameron na sua última intervenção no Parlamento britânico como primeiro-ministro, antes da sua substituição por Theresa May, que irá concretizar-se ainda esta quarta-feira.

Cameron explicou que o seu apoio não será uma mera formalidade, mas antes uma consequência do apreço e consideração por aqueles que asseguram os cargos políticos: “As pessoas vêm para aqui com uma grande paixão pelos assuntos que defendem. Elas vêm para aqui com um grande amor pelos constituintes que representam”. O ainda primeiro-ministro considera que os britânicos podem ser especialmente duros a “testar e desafiar os seus líder – talvez mais do que acontece noutros países – mas isso é algo em relação ao qual nos devemos sentir orgulhosos”.

“A última coisa que vos diria é que vocês podem alcançar muitas coisas na política. Vocês podem concretizar muita coisa. E, no fim, tudo se resume a serviço público, ao interesse nacional. Nada é verdadeiramente impossível se nos focarmos nisso. Afinal de contas, como já disse uma vez, eu fui o futuro outrora”, disse Cameron no fim da sua intervenção, que foi aplaudida pelos deputados.