Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Polícia britânica investiga incidentes racistas contra polacos

  • 333

As autoridades estão a investigar notas de conteúdo racista distribuídas nas caixas do correio de residentes polacos na localidade de Huntingdon

A polícia britânica está esta domingo a investigar vários incidentes com mensagens racistas contra a comunidade polaca no Reino Unido que surgiram na sequência do voto favorável à saída da União Europeia.

Um porta-voz da Polícia Metropolitana de Londres, citado pela agência espanhola Efe, confirmou que está a ser investigada a origem de pinturas xenófobas descobertas no edifício da Associação Social e Cultural Polaca, no bairro londrino de Hammersmith.

Já a polícia do condado inglês de Cambridgeshire está a examinar umas notas de conteúdo racista distribuídas nas caixas do correio de residentes polacos na localidade de Huntingdon, nas quais se podia ler: "Vamos sair da UE, não a mais pragas de polacos".

A ex-presidente do Partido Conservador Britânico, Sayeeda Warsi, de origem paquistanesa, denunciou, em declarações à Sky News, a proliferação de incidentes racistas e instou aos defensores do "brexit", entre os quais o antigo presidente da câmara de Londres Boris Johnson, para que intervenham em prol da coesão social.

No final da campanha do referendo, Warsi passou de apoiantes à saída da União Europeia a defensora da permanência por considerar que os defensores do "brexit" estavam a explorar argumentos xenófobos e anti-imigração.

Mais de um milhão e quinhentos mil britânicos já assinaram uma petição ao Parlamento para realizar um segundo referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE).