Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Escócia: segundo referendo para a independência é “altamente provável”

  • 333

Jeff J Mitchell/Getty Images

Nicola Sturgeon, líder do Partido Nacional Escocês, quer explorar todas as hipóteses que permitam à Escócia permanecer na União Europeia

Helena Bento

Jornalista

Nicola Sturgeon, líder do Partido Nacional Escocês, disse que a hipótese de avançar com um segundo referendo para definir o futuro do país “é altamente provável”. “A minha prioridade é agir no melhor interesse da Escócia. Estou orgulhosa do país e da forma como votámos ontem. Dissemos claramente que não queremos deixar a União Europeia”, afirmou a líder, citada pelo britânico “Guardian”.

Algo semelhante dissera Nicola Sturgeon na madrugada desta sexta-feira, quando começaram a conhecer-se os primeiros resultados do referendo. “Embora os resultados gerais ainda não tenham sido declarados, a votação aqui deixa claro que o povo da Escócia vê o seu futuro como parte da União Europeia (...). Vamos esperar pelo resultado final a nível nacional, mas a Escócia falou - e falou de forma decisiva.”

A líder do Partido Nacional Escocês anunciou ter convocado uma reunião urgente com Jean-Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia. Disse ainda que o presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan, pensa exatamente como ela em relação ao lugar que Londres deve ocupar na União Europeia.