Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Começou a votação que vai definir o futuro do Reino Unido e da União Europeia

  • 333

reuters

Urnas abriram às 7h da manhã e encerram às 22h. Por volta das 3h30 da próxima madrugada deverão começar a ser divulgadas as primeiras projeções dos resultados do referendo em que os eleitores britânicos são chamados a decidir se querem o Reino Unido dentro ou fora do bloco europeu

As estações de voto espalhadas pelo território britânico abriram às 7h da manhã desta quinta-feira para o histórico referendo que vai ditar se o Reino Unido continua ou não a integrar a União Europeia.

Quase 46 milhões e 500 mil pessoas são elegíveis para participar na consulta popular, um número recorde para um plebiscito no Reino Unido, aponta a BBC. As urnas encerram às 22h e a contagem dos votos deverá começar de imediato, antecipando-se que as primeiras projeções finais comecem a surgir pelas 3h30 da madrugada de sexta.

Sexta-feira de manhã é provável que já seja conhecida a vontade da maioria da população, com as últimas sondagens de intenção de voto a preverem um empate técnico entre os que defendem e os que se opõem à saída do Reino Unido.

Este é o terceiro referendo nacional da história do Reino Unido e o segundo sobre o papel do país no seio da comunidade europeia. O primeiro aconteceu em junho de 1975, dois anos depois de o Governo conservador de Edward Heath ter firmado a adesão britânica à Comunidade Económica Europeia (CEE), que mais tarde viria a dar lugar à UE como a conhecemos.

Para as eleições de 1974, os trabalhistas lançaram um manifesto em que prometiam levar a permanência do Reino Unido na CEE a referendo caso fossem eleitos; talvez por causa disso, o partido de centro-esquerda conseguiu vencer as eleições, formando um governo minoritário e convocando a consulta para o ano seguinte.

À pergunta "Considera que o Reino Unido deve permanecer na Comunidade Europeia (Mercado Comum)?", uma maioria dos britânicos respondeu 'sim'. Esta quinta-feira, a pergunta que consta dos boletins de voto é: "Deve o Reino Unido continuar a ser membro da União Europeia ou deixar a União Europeia?" Como efeito imediato da consulta desta quinta-feira, está previsto que David Cameron, o atual primeiro-ministro conservador, apresente a sua demissão caso falhe em alcançar uma maioria de apoios a favor da UE.

Após o encerramento das estações de voto, as urnas serão seladas e transportadas para as respetivas zonas de contagem de votos, havendo um total de 382 em todo o Reino Unido que representam os áreas dos governos locais de Inglaterra, Escócia e País de Gales mais Irlanda do Norte e o território de Gibraltar. Os resultados de cada uma das áreas serão divulgados ao longo da noite. A Comissão Eleitoral prevê que os resultados finais sejam anunciados "por volta da hora do pequeno-almoço" de sexta-feira.