Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Homem viaja até Vegas para tentar matar Trump

  • 333

NANCY WIECHEC/ Reuters

Michael Sandford, 19 anos, foi detido depois de alegadamente ter desarmado um polícia com o objetivo de matar o candidato republicano à Casa Branca. Foi acusado da prática de violência em local privado

Os comícios da campanha de Donald Trump voltam a ser notícia, mas não pelo debate político. Depois de manifestações, confrontos e algumas polémicas, este fim-de-semana, em Las Vegas, um homem foi detido por estar a preparar-se para matar o multimilionário norte-americano. Esta segunda-feira, Michael Sandford, 19 anos, foi presente a tribunal.

“Sandford afirmou estar há um ano a tentar matar Trump, mas só decidiu agir agora porque finalmente se sentiu confiante para fazê-lo”, lê-se nos documentos judiciais, citados pela agência Reuters. É acusado da prática de violência em local privado.

Donald Trump tinha agendado para sábado um comício no Casino Treasure Island. Entre as cerca de 1500 pessoas presentes, estava Michael Sandford. Segundo as autoridades norte-americanas, citadas pela AP, o homem aproximou-se de um agente para saber como poderia conseguir um autografo do candidatado republicano. Nesse momento agarrou na arma do polícia e tentou tirá-la.

A tentativa não passou disso mesmo. Sandford foi detido. No local, além da polícia de Las Vegas, estavam agentes dos Serviços Secretos, seguranças do casino e a equipa de segurança de Trump.

Pouco se sabe sobre este homem, consigo tinham a cartão de condução britânica. Terá chegado aos Estados Unidos da América há ano e meio. Viveu em Hoboken, em New Jersey, e antes de Las Vegas, no Nevada, viajou de carro até à zona de San Bernardino, no estado da Califórnia.

O assassinato de Trump era alegadamente preparado há um ano e Michael Sandford estava convencido de que conseguiria completar a missão. Aliás, se não fosse capaz em Las Vegas, já tinha um plano B pronto: o comício em Phoenix (agendado para o mesmo dia, mas umas horas mais tarde).

Segundo acrescenta a AP, Michael Sandford teve aulas para aprender a manusear a arma. Na sexta-feira, o dia anterior à sua detenção, terá estado na escola a treinar a pontaria.